Qual é o lado ruim de trabalhar na Rede Globo? Atriz que saiu da emissora revelou os detalhes

clarice_falcao_2_-_credito_lucas_bori
A atriz Clarice Falcão revelou em entrevista ao Programa Pânico, da rádio Jovem Pan, que trabalhar na Globo não foi uma de suas melhores experiências. “Foi horrível pra mim”, desabafa. No momento, ela divulga Desculpe o transtorno, filme que fez com o diretor Tomás Portella.

Filha de dois roteiristas de peso da emissora carioca, Clarice assegurou que sua participação na novela A Favorita, em 2009, não foi das melhores. A atriz ainda afirmou que era “tudo muito dramático” na trama de João Emanuel Carneiro, que estreou em 2 de junho de 2008 e acabou em 18 de janeiro de 2009.
Na trama, a atriz interpretou Mariana, filha da personagem de Lília Cabral, que foi estuprada pelo próprio pai e acabou grávida dele. Segundo Clarice, após realizar as gravações ela chegava em casa com vergonha do papel que interpretava.
1583282971-clarice-falcao-e-tomas-portella-visitam-o-panico-veja-fotos
Publicidade

“Prefiro fazer as minhas coisas mais livres e com amigos. Tipo o ‘Porta dos Fundos’, que era muito divertido de fazer”, declara.
Descontente com o papel, ela aceitou o convite para integrar o elenco do Portas no fundo. Durante três anos, foram produzidos dois vídeos por semana e o canal acabou sendo um dos mais acessados do youtube.
686081248-clarice-falcao-e-tomas-portella-visitam-o-panico-veja-fotos-1564173679
A atriz, contudo, declarou que sua fase no Portas teve um fim depois que passou a interpretar os personagens sem grandes motivações. “Quando comecei a sentir que fazia as coisas mecanicamente, fui buscar novas aventuras”, disse.

0 comentários: