Mar do Diabo


                 Ficheiro:Miyake jima.jpg


Localizado no Oceano Pacífico, próximo ao Japão, local também é conhecido como Triângulo do 
Dragão e é famoso por sumiços misteriosos de navios e aviões.

A região é formada por Guam e pelas Ilhas Marinas, apresentando uma área total de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, sendo ainda um dos pontos submarinos mais fundos de todo o planeta Terra. Ali já sumiram sem deixar qualquer vestígio uma série de embarcações, mas há outras histórias ainda mais tenebrosas.


As lendas sobre o Mar do Diabo ganharam força após embarcações do governo japonês não terem retornado de lá. As explicações são bem variadas, incluindo aí a presença de navios sem qualquer tripulante vagando pela região, bem como objetos voadores não identificados nos quais estariam seres extraterrestres.
Lapsos de tempo e mau funcionamento de aparatos eletrônicos também estão na lista de coisas que podem acontecer com quem se arrisca a navegar, ou mesmo voar, por esta região nem tão remota, mas repleta de mistérios.
                                           


Declaração de Charles Berlitz:
Vários artigos já foram publicados na imprensa sobre o assunto, mas talvez o que mais se aprofundou no tema foi Charles Berlitz escrito estadunidense que publicou o livro “O Triângulo do Dragão” em 1989. Segundo a publicação, entre os anos de 1952 e 1954, cinco embarcações militares japonesas se perderam na região, sumindo com a vida de mais de 700 pessoas. O governo japonês, a fim de saber o motivo da perda de barcos e pessoas, financiou uma embarcação de investigação tripulada com mais de 100 cientistas, para estudar o Mar do Diabo. Depois, a embarcação desapareceu com todos os cientistas, e o Japão declarou a área como zona perigosa.

Refutação:

Segundo a investigação de Larry Kusche, essas "embarcações militares" eram embarcações de pesca, e alguns deles se perderam fora do Mar do Diabo, tão longe como perto de Iwo Jima (1000 km ao sul do Japão). Também assinala que, naquela época, a cada ano se perdiam centenas de barcos de pesca ao redor do Japão.

                           

Curiosidade:
Curiosamente, o Triângulo das Bermudas situa-se diretamente na mesma linha de latitude do triângulo do dragão, 35 graus, levando muitos pesquisadores a acreditar que exista um Buraco de minhoca, um tipo de túnel que poderia ligar o Triângulo das Bermudas com o Triângulo do Dragão, dando a entender que um dos dois triângulos serve como buraco negro e o outro como um buraco branco.

Ainda assim, a reputação do Mar do Diabo como uma área perigosa permanece.

0 comentários: