Jeff foi para a esquerda




"Se você está lendo isso, eu sinto muito. Eu suponho que você esteja na mesma situação que eu. Aquele maldito bastardo drogou você e te largou nestas catacumbas, com apenas uma vela para encontrar o seu caminho para fora. 

Eu não sei com quantas pessoas ele fez isso, mas provavelmente foram várias. Ele não gastaria tanto tempo com isso se não houvessem outras, não é? Ele me disse que as catacumbas são um labirinto, e que ele montou armadilhas e quedas mortais à cada volta. Mas ele prometeu que há uma saída segura, se eu tiver sorte o suficiente para adivinhar o caminho correto. 

Eu não tenho sorte. Eu sou apenas um estudante de arte, aqui de férias. Não há nenhuma maneira que eu saia vivo. Mas eu quero que alguém viva. Eu quero vingança.

Eu tenho certeza que você também quer, então vamos ajudar uns ao outro. Eu ainda tenho o meu caderno e lápis. Antes de cada curva, eu vou deixar o caderno para trás, para a próxima pessoa, anotando o caminho que eu fiz. Se eu sobreviver à curva, eu vou voltar e deixar uma página como esta. Se eu não fizer isso, então cabe pra próxima pessoa continuar e ir na direção oposta. 

Eventualmente, se continuarmos a deixar essas "migalhas de pão", um de nós vai escapar. Chegar à polícia e encontrar aquele bastardo. Dar justiça pra aqueles que não sobreviveram. 

Meu nome é Jeff. Eu fui deixado aqui."


Lendo a nota à luz de velas você pode sentir o calor da esperança... até que você percebe que você está lendo no próprio caderno de esboços. Jeff nunca mais voltou para rasgar a página, e você é a primeira pessoa aqui depois dele.

Então você olha para a sua direita, onde o labirinto escuro espera. 

0 comentários: